Nos 2 primeiros anos de vida está a chave do aprendizado para uma alimentacao saudável.

Até os 6 meses, a criança deve permanecer apenas com o leite, de prefência materno, e no caso de uso de fórmula infantil, orienta-se oferecer também água nos intervalos. Isto será essencial na prevenção da obesidade.

A introdução de alimentos complementares deve-se iniciar aos seis meses de idade. Inicia-se com a papa de frutas, seguida da papa salgada. Evite sucos em excesso nesta fase, o máximo é 100ml/dia.
Já na primeira papinha, é importante que a criança aprenda o sabor de cada alimento isolado. Ofereça o máximo de variedades possíveis de sabor (tente mais de 1 vez cada alimento).  Desde o início,  a comida do pequeno deve ter consistência de papa ou purê, preferencialmente, amassada com um garfo até que ele possa receber pedacinhos pequenos. Outra coisa importante é que não é necessário o acréscimo de sal, os alimentos já contêm sódio e a quantidade que a criança precisa é muito pequena e há  grandes estudos mostrando a associação de excesso de sal e pressão alta na vida adulta.

Algumas dicas importantes em relação a alergia alimentar nesta fase:
- Introduzir peixe antes dos 8 meses, diminui em 24% o risco de alergia futura a este ( além de ser rico em ômega 3 essencial para o desenvolvimento cerebral),
- Introduzir alimentos com gluten ( ex- macarrão integral) tb antes dos 8 meses, diminui o risco de doença celiaca devido a janela imunológica nesta fase,
-  O ovo inteiro após o sexto mês já é indicado iniciando primeiro a gema e depois a clara.

Após esta fase inicial, continue dando preferência a alimentos naturais e integrais, que são ricos em vitaminas e fibras. Até 1 ano em especial evite corantes, alimentos industrializados e mel.

Dos 2 anos para frente

Dê sempre preferências a alimentos naturais: os legumes, verduras e frutas devem corresponder a 50-60% da nossa ingestão diária de alimentos. Sabemos que isso  não é fácil no nosso dia a dia, mas faz toda a diferença para vivermos melhor. Os alimentos naturais são ricos em micronutrientes e vitaminas, que nos dão energia e equilibram o organismo. As fibras contidas nestes e nos alimentos integrais, ajudam o funcionamento intestinal, reduzem o índice glicêmico dos alimentos, o que nos deixa satisfeitos por mais tempo após as refeições e previne a diabetes.

VEJA a distribuição ideal dos alimentos no nosso dia a dia.
Um cuidado especial: evite bebidas artificiais adoçadas em excesso ( refrigerantes, sucos em pó e caixinha), elas são ricas em açúcar e altamente calóricas; hoje elas contribuem de forma importante com a obesidade em nossas crianças.



Alimentação & Esporte
HOME       DICAS       CURRÍCULO       CONTATO

Esporte

Importância física e psicossocial para todos:

- Gasto energético aumentado no dia da atividade e nos dias subsequentes
- Prevenção de lesões futuras, osteoporose, artrose, etc.
- Aprender a conhecer limites e vencê-los
- Aprender a conviver em equipe e ajudar na melhora mútua do desempenho.
- Sensação de bem estar

Força! O importante é perserverar diariamente!



Leia Mais...

"A Obesidade Infantil  e o Esporte"
Escrito pelo Prof. Edução física Emerson Marques.